Rede Concepcionista de Ensino  - Colégio Maria Imaculada - Brasília-DF

Colégio

Maria Imaculada

Brasília-DF

Pastoral Escolar

O Setor de Pastoral do Colégio Maria Imaculada fundamenta sua ação educativa no carisma e princípios educacionais da Santa Carmen Sallés - Fundadora da Congregação das Irmãs Concepcionistas Missionárias do Ensino.

Tem como finalidade implementar e promover a identidade da instituição. É também da competência do Setor de Pastoral aprofundar e dinamizar a Missão Evangelizadora através da cultura religiosa, tendo Maria Imaculada como fonte inspiradora. Esse trabalho favorece a formação integral do educando, oportunizando, assim, uma experiência que o ajude a relacionar-se com Deus, consigo mesmo, com o próximo e com a natureza, enquanto sujeito histórico, capaz de influenciar na construção de uma sociedade justa e fraterna, por meio do testemunho e anúncio de valores -humano-cristãos. Para isso, promove momentos de formação, orientando e acompanhando as dimensões da espiritualidade, da acolhida e da solidariedade.

"Deixai
vir a mim
os pequeninos"

Ensino Religioso

O material de Ensino Religioso da Rede Concepcionista tem o intuito de levar o aluno à reflexão, à descoberta e à vivência dos valores do Evangelho. Parte de dois principais referenciais: o antropológico e o teológico.

A criatividade e a participação do aluno são pontos relevantes da proposta. Momentos celebrativos favorecem a internalização dos valores.

O material pretende ser um caminho para criar empatia com os alunos e, com base no diálogo, transformar os conteúdos em vida.

Campanha da Fraternidade

Com o tema “Fraternidade e superação da violência”, a CF 2018, além de mapear a violência, colocará também em evidência as iniciativas que existem para superá-la, bem como despertar novas propostas com esse objetivo. “A Igreja no Brasil escolheu o tema da superação da violência devido ao crescimento dos índices de violência no Brasil.

O lema da CF “Vós sois todos irmãos” foi extraído do capítulo 23 do Evangelho de São Mateus, no qual Jesus repreende os fariseus e mestres da lei, por suas práticas não serem coerentes com os seus discursos. “Os fariseus e mestres da lei valorizavam a sociedade hierarquizada. Jesus propõe-lhes então um novo modelo mais comunitário e fraterno “Vós sois todos irmãos”.

O cartaz da campanha da fraternidade 2018 mostra um grupo de pessoas de diferentes idades e etnias de mãos dadas, representando a multiplicidade da sociedade brasileira. Especialmente no Ano do Laicato, que terá início na Igreja no Brasil no próximo dia 26 de novembro, o convite é para, por meio da CF 2018, refletir sobre a problemática da violência, particularmente em como superá-la.

Projetos